terça-feira, 22 de abril de 2014

Sobre Frozen e o que é ser Princesa da Disney nos dias de hoje.






Nome: Frozen (Frozen - Uma Aventura Congelante, no Brasil)

Sinopse: Elsa, a futura rainha de Arendelle, nasceu com a capacidade mágica de criar gelo e neve, embora tenha escondido isso de todos, incluindo a sua irmã mais nova, Anna. Após seus poderes, acidentalmente, condenarem o reino a um inverno eterno, ela foge e auto-exila-se num castelo de gelo. Agora cabe a Anna e Kristoff, um destemido homem da montanha, partirem numa jornada para trazerem Elsa de volta a Arendelle e reverterem o inverno em verão.



Duração: 108 minutos.




          Já se foi a época em que as animações da Disney eram feita sob o molde princesinha-tapada-que-se-apaixona-pelo-príncipe-encantado-mas-que-luta-contra-o-vilão-o-filme-todo. O último filme lançado pela produtora deixa isso bem claro, além de impressionar o público com a riqueza de detalhes e de roteiro.


A produção é uma animação musical (o que me fez ir correndo fazer o download de todas as músicas da trilha sonora logo no dia seguinte) e tem uma fotografia m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a que te faz querer estar ali, de verdade, no cenário junto com os personagens.
Mas, na verdade, eu não vim aqui exatamente para divulgar o filme (também, porque merece ser visto e se você ainda não viu, v-e-j-a), mas sim para compartilhar com vocês alguns dos pontos que diferem os clássicos antigos da Disney dos filmes que estão sendo produzidos hoje. Porém, decidi que faria a comparação com Frozen, que foi o recente que eu mais gostei e que, na minha opinião, é o filme cujas diferenças encontram-se mais explícitas. Tudo bem pra vocês?
          Tenhamos em mente a doce Branca de Neve. Jovem e bonita (para a época, porque ninguém merece aquele cabelo-joãozinho dela), viveu o filme todo morando de favor, lavando e passando roupas e cuecas de sete homens que trabalhavam em uma mina (imaginem a quantidade de pó que não tinha na roupa daqueles anões, haja vista a inexistência da lavadora de roupas). Já a Elsa... Além de não ter precisado servir homem algum durante o filme todo (opa, spoiler), ela ainda construiu seu castelo; e pasmem: com as próprias mãos.
          Agora é a vez da Bela Adormecida, jovem princesa que não tem o mínimo de cuidado pois conseguiu espetar o dedo na agulha de uma "máquina de costura". Ficou adormecida por anos e anos e a única coisa que poderia fazê-la acordar era um beijo de amor verdadeiro. O principezinho vai lá, beija a Aurora, ela acorda, se apaixona por ele, eles se casam e são felizes para sempre. Ênfase em ela acorda, se apaixona por ele, eles se casam e são felizes para sempre. Já a Elsa...


                                

         Quando o assunto é a Cinderela... Bem, quem é Cinderela perto de Elsa? Ela só se casou com o príncipe porque calçava 36. Qual é o sentido disso?
          Se Frozen fosse lançado na época em que eu era mais nova, eu teria o material escolar do filme e iria às festas à fantasia vestida de Elsa.
           A animação fez tanto sucesso e teve uma repercussão tão legal que pipocaram no YouTube vários vídeos em torno do filme. Separei os que eu mais gostei!

(essa é uma versão da música principal, "Let It Go", cantada em 25 idiomas!)



(esse é pra morrer de fofura um pouquinho)




(vários personagens da Disney e Pixar cantam "Let It Go"! Demais!!!)

           Mas é isso aí, fiz este post mais para descontrair do que para confrontar os contos de fadas. Sempre gostei das animações da Disney e não perco uma sequer, mas esta ganhou um cantinho muito especial no meu coração por tudo, mas principalmente pelo final (sem spoiler, sem spoiler, sem spoiler). Recomendo a versão legendada do filme pois as músicas são muito melhores do que as da versão dublada.
         Se você também é, assim como eu, apaixonado por trilhas sonoras de desenhos animados, dá pra baixar o CD de Frozen aqui! E tem também o link para o download do filme na versão legendada aqui (apenas lembrando que eu não estou incentivando a pirataria e não sou responsável por nenhum desses dois links).

Beijos e me liga para contar o que você achou do filme :*

15 comentários:

  1. Onde tem link para baixar a versão do Caio cantando? haha
    Adorei o post Yamin :3

    ResponderExcluir
  2. QUERO MUITO VER! Todo mundo tá falando super bem deste filme!
    Tô sem tempo, mas talvez hoje a noite eu veja. <33
    Já amo sem ter assistido, pode?

    ResponderExcluir
  3. A mulher solta gelo pela mãos e se esconde por causa disso. Eu faria a festa, haha
    #ElsaDiva

    ResponderExcluir
  4. concordo que realmente as animações da Disney mudaram. Mas também porque os tempos mudaram não é? Antigamente (na época que a Branca de Neve foi feita) esperava-se que a mulher se cassasse e soubesse cuidar da casa. Hoje cada uma tem que ir atrás de sua própria vida, não é um homem que vai te sustentar.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei bastante do blog e de sua escrita, mas devo confessar...Frozen só me deu muito sono! Mas achei legal o debate sobre o papel da mulher que vc trouxe. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Pena que é um musical... uma pena...

    ResponderExcluir
  7. Assim.......eu vi o filme por causa do hype positivo. Fui ao cinema, gostei, valeu a pena. Foi só "ok". Mas, enfim, concordo com os pontos ressaltados. O bom é que a Disney está criticando seus próprios conceitos (desde "Encantada").

    ResponderExcluir
  8. eu não quis ver esse filme por motivos de: não gostei da Demy Lovato cantando e tive preconceito kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. É verdade, acredito que a disney vem tentando se adequar a nova realidade a cada ano que passa :)
    Ainda não vi esse filme, tenho tantos na "lista de espera" que nem sei bem por onde começar...haha

    tofalandoisa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ainda não acredito que não tive tempo para assistir Frozen. Preciso de mais tempo e menos preguiça e.e
    Essa sua análise fez com que a minha vontade de vê-lo ficasse maior, mais uma coisa pra fazer no final de semana se tudo correr bem!

    Tem conto novo no blog, quando não estiver fazendo nada só dar uma passadinha lá!
    Um beijo enorme e um bom resto de semana <3
    http://sweetjaneand.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Achei legal a Disney estar se auto criticando. Vou procurar o filme pra ver o mais rápido possível.
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Ainda não assisti, admito. Mas por todos os lados o que vejo é que a Disney fez uma princesa atual, independente, moderna. E acho isso incrivel.

    thesoledade.com

    ResponderExcluir
  13. Simplesmente me apaixonei por Frozen <3 Já se passaram meses desde que assisti e sempre acabo assistindo o filme inteiro quando queria apenas escutar uma música. É lindo demais. Sem falar dessa diferença na Rainha-mais-linda-Elsa rs

    Ótimo post!

    ResponderExcluir
  14. Eu também adorei Frozen e, embora todos esses contos de fada tenham me marcado muito na infância, acho que prefiro Frozen. É muito legal perceber essa mudança da Disney e acho muito incrível eles se permitirem fazer isso. Essa nova geração de filmes é maravilhosa por isso, por acompanhar as mudanças do nosso contexto social, como também foi o caso de Valente, que não queria nenhum marido, e fazer um trabalho tão bonito e delicado.
    Beijoss

    ResponderExcluir

Não leio mentes ainda, então não vou saber o que você achou a menos que comente.